Igreja Metodista Jardim Belvedere

Contribuições
Você adicionou a sua lista de contribuições. O que deseja fazer agora?
Adicionar Contribuições Pagar Contribuição
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Igreja Metodista Jardim Belvedere - Nós cremos na vida antes da morte!

Nós cremos na vida antes da morte!

João 10.10 Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.

A ORDEM É DESCER...

“Ao alvorecer do terceiro dia, houve trovões, relâmpagos e uma espessa nuvem sobre a montanha, e um clangor muito forte de trombeta; e todas as pessoas que estavam no acampamento começaram a tremer de medo. Então Moisés conduziu o povo para fora do acampamento, para encontrar-se com Deus, ao pé da montanha. Todo o monte Sinai ficou coberto de densa fumaça, pois o SENHOR havia descido sobre ele em chamas de fogo. O monte fumegava fortemente como se fosse uma enorme fornalha viva; toda a montanha tremia violentamente, e o som da trombeta, ia aumentando pouco a pouco. Êxodo 19.16

Por PASTOR DOUGLAS MARINS dia em A Palavra

A ORDEM É DESCER...
  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

A ORDEM É DESCER...

“Ao alvorecer do terceiro dia, houve trovões, relâmpagos e uma espessa nuvem sobre a montanha, e um clangor muito forte de trombeta; e todas as pessoas que estavam no acampamento começaram a tremer de medo. Então Moisés conduziu o povo para fora do acampamento, para encontrar-se com Deus, ao pé da montanha.
Todo o monte Sinai ficou coberto de densa fumaça, pois o SENHOR havia descido sobre ele em chamas de fogo. O monte fumegava fortemente como se fosse uma enorme fornalha viva; toda a montanha tremia violentamente, e o som da trombeta, ia aumentando pouco a pouco.  Êxodo 19.16

            Tente imaginar a cena – trovões, uma nuvem espessa sobre a montanha, barulho de trombeta, uma densa fumaça, chamas de fogo, tremores de terra. Agora se imagine nesse cenário. Que sentimento tomaria conta do seu coração? Provavelmente o mesmo que se apoderou do povo – o medo. Exatamente 3 meses depois da saída do Egito, o Povo de Israel se acampou ao pé do Monte Sinai para receber a revelação dos 10 Mandamentos. Contudo, a cena foi chocante e os efeitos especiais eram de deixar Hollywood de “boca aberta”.

            Aquele Povo deveria amar a Deus de todo o coração, ser grato pela libertação, e adorá-lo com alegria, mas o medo que estavam sentindo não ia permitir que a relação fosse saudável. Foi então que o Deus Eterno teve uma “idéia”, que logo se transformou numa orientação a Moisés: “E me farão um santuário (Tenda Sagrada), e habitarei no meio deles”. Êx. 25.8 Ao ver aquele povo com medo e habitando em tendas no deserto, DEUS DECIDIU DESCER DA MONTANHA PARA MORAR NUMA TENDA NO MEIO DELES. Ainda na Antiga Aliança, Deus Pai abriu mão da glória e do espetáculo da Montanha para habitar numa Barraca e se aproximar do ser humano. Aleluia!

            Na Nova Aliança a história se repetiu. De acordo com o Evangelho de João 1.14: “O verbo (Jesus) se fez carne, e habitou entre nós...”. A palavra grega traduzida como “habitou” neste versículo ganha um novo significado criado por João, pois não se relaciona com “casa”, “habitação” ou “morada”, mas com “tabernáculo”. Trata-se da palavra ESKENOSEN, pretérito de um verbo criado a partir do substantivo SKENÉ, que significa tenda, tabernáculo”. Portanto, esse versículo ficaria melhor traduzido se fosse escrito assim: “E o Verbo se fez carne, e ‘tabernaculou’ entre nós.” Aqui foi Deus Filho que decidiu descer para armar a sua tenda entre nós. Jesus abriu mão da Sua Glória junto do Pai para habitar na periferia de uma terra castigada e sob dominação romana.

            Por fim, em Pentecostes, o Deus Espírito Santo fez exatamente o mesmo. De acordo com o relato de Atos capítulo 2, “... de repente veio do CÉU um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados”. Na verdade, não foi a casa que foi cheia, mas sim os 120 discípulos que estavam naquele Cenáculo de Oração. O Espírito Santo também desceu, só que com uma diferença, Ele não veio para habitar numa Tenda como Deus Pai, e muito menos para estar entre nós como Jesus, mas Ele veio para habitar em nós. Glória a Deus! Nós somos a Sua Tenda/Templo conforme I Co, 6.19.

            É preciso DESCER, e existem Vantagens nisso, a saber:

1)     QUANDO EU DEÇO ME LIVRO DO QUE HÁ DE PIOR EM MIM – Rm. 7.24

2)     QUANDO EU DEÇO OUÇO A VOZ DE DEUS (ME APROXIMO DELE) – Jr. 18.2

3)     QUANDO EU DEÇO CRIO CONDIÇÕES PARA QUE ELE ME EXALTE – Lc. 18.14

 

           Se Deus Pai, Filho e Espírito Santo, desceram, e deixaram a Sua Glória, porque nós ficamos presos a VAIDADE e não queremos descer do nosso pedestal? Pense Nisso!

           Do seu Pastor e Amigo,

           Douglas Marins 

  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para A ORDEM É DESCER...

Enviando Comentário Fechar :/