Igreja Metodista Jardim Belvedere

Contribuições
Você adicionou a sua lista de contribuições. O que deseja fazer agora?
Adicionar Contribuições Pagar Contribuição
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Igreja Metodista Jardim Belvedere - Nós cremos na vida antes da morte!

Nós cremos na vida antes da morte!

João 10.10 Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.

“GRANDES PARA AVANÇAR, PEQUENOS PARA SE IMPORTAR”

“E achou ali (em Lida) certo homem chamado Enéias, jazendo numa cama havia 8 anos, o qual era paralítico”. Atos 9.31-35

Por PASTOR DOUGLAS MARINS dia em A Palavra

“GRANDES PARA AVANÇAR, PEQUENOS PARA SE IMPORTAR”
  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

“GRANDES PARA AVANÇAR, PEQUENOS PARA SE IMPORTAR”

“E achou ali (em Lida) certo homem chamado Enéias, jazendo numa cama havia 8 anos, o qual era paralítico”. At. 9.31-35

            Ninguém questiona a grandeza e a amplitude do ministério de Jesus. Mais de 2,3 bilhões de pessoas, 1/3 do planeta, se diz cristã. Contudo, embora seja grande, e tenha alcançado o mundo todo, e possua bilhões de seguidores, o Seu Ministério sempre transbordou nas pequenas coisas, a começar pela profecia de Isaias 11.1, que anunciava o surgimento de um “ramo”, galho fraco, e o nascimento de um “rebento”, uma criança, símbolo da fragilidade.  

            Nascido do ventre de uma jovem simples, e criado no vilarejo de Nazaré, um pequeno povoado de não mais de 30.000 metros quadrados (200 metros de comprimento por 150 de largura), na fase adulta se dedicou a um pequeno grupo de discipulado com 12 homens. Ensinou que uma fé pequena como um grão de mostarda seria capaz de realizar grandes feitos, e que pequenos gestos poderiam redundar em grandes provisões como no caso da multiplicação dos 5 pães e 2 peixes.         

            Contudo, você deve estar se perguntando: o que essa abordagem inicial tem a ver com o texto que lemos? O texto, fala do crescimento numérico da Igreja, ao mesmo tempo que revela a dor de um homem chamado Enéias, acamado a 8 anos, paralítico, numa pequena cidade de passagem chamada Lida. Embora existissem muitos santos naquela cidade (v.31), os mesmos pareciam estar ocupados demais com coisas grandes, e tinham se esquecido da dor daquele homem. Os discípulos de Lida tinham se tornados grandes para avançar, mas não eram pequenos para se importar.

            Ao ir ao encontro daquele homem Pedro estava nos ENSINANDO que:

            1) A SANTIDADE DEVE ME CONECTAR NÃO SÓ A VONTADE DE DEUS, MAS AS PESSOAS, ESPECIALMENTE AS QUE SOFREM.

            2) AS COISAS PEQUENAS NÃO PODEM MORRER EM DETRIMENTO AS COISAS GRANDES.

            3) PEQUENAS COISAS SEMPRE GERAM GRANDES AVANÇOS E CONQUISTAS.

 

            Meu irmão/ã, o segundo semestre começou. Teremos 6 meses pela frente, e que eles sejam marcados por muitas bênçãos. Que o pouco seja multiplicado, e que Deus lhe dê o crescimento necessário na área certa, sem que você se esqueça das pequenas coisas. Como pastor da Igreja Metodista do Jardim Belvedere, nesse domingo peço a Deus que “SEJAMOS GRANDES PARA AVANÇAR, MAS PEQUENOS PARA SE IMPORTAR”.

            Do seu Pastor e Amigo,

            Douglas Marins.

  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para “GRANDES PARA AVANÇAR, PEQUENOS PARA SE IMPORTAR”

Enviando Comentário Fechar :/