Igreja Metodista Jardim Belvedere

Contribuições
Você adicionou a sua lista de contribuições. O que deseja fazer agora?
Adicionar Contribuições Pagar Contribuição
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Igreja Metodista Jardim Belvedere - Nós cremos na vida antes da morte!

Nós cremos na vida antes da morte!

João 10.10 Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.

O EVANGELHO TRANSFORMADOR

“Nunca homem algum falou assim como este homem”. João 7.32-52

Por PASTOR DOUGLAS MARINS dia em A Palavra

O EVANGELHO TRANSFORMADOR
  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

O EVANGELHO TRANSFORMADOR

“Nunca homem algum falou assim como este homem”. João 7.32-52

   Era o último dia da Festa dos Tabernáculos, ou Festa das Cabanas, e Jesus, mesmo sabendo do risco de ser preso, fazia ousadas aparições públicas e ensinava a muitos. O Evangelho de João afirma que os fariseus tinham enviado guardas experientes e da mais alta confiança até aquele local com a missão de O prenderem. Contudo, além dos militares não terem obedecido tal ordem, a resposta deles para justificar o fracasso da missão é surpreendente: “Nunca homem algum nos falou assim”.

   Vejam, eles poderiam dar inúmeras desculpas, e apresentar muitas razões, mas ao contrário disso, deram aos seus superiores uma resposta ousada, que mais se parecia ao testemunho de um novo convertido. É importante ressaltar que o impacto experimentado não estava tão ligado à Mensagem pregada, e sim ao Mensageiro. A partir disso, iniciou-se uma grande discussão, na qual até Nicodemos se envolveu, mas da maneira errada.

   A sequência do texto e o desenrolar dessa história me ENSINAM que:

   1) É PRECISO SEGUIR JESUS DE PERTO PARA NÃO SER CONFUNDIDO (v.40 e 41).

   2) É PRECISO TER MUITO CUIDADO COM A CEGUEIRA DOS INTERESSES PESSOAIS (V.47-49)

   3) É PRECISO TROCAR O FARDO DA RELIGIÃO PELA SEMEADURA DO CORAÇÃO (V.46). 

   Meu irmão/ã, aqueles guardas já tinham participado daquela Festa inúmeras vezes. Com toda certeza, fazendo a segurança do evento, já tinham ouvido muitas pregações, mas aquele Dia tinha sido especial, aleluia! Concluo essa pastoral afirmando que a maior carência do nosso cristianismo hoje é que infelizmente não falamos como Jesus, e não ouvimos como aqueles guardas. Clamemos por uma restauração em nosso meio.

   Deus te abençoe! 

   Do seu Pastor e Amigo,

   Douglas Marins.      

  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para O EVANGELHO TRANSFORMADOR

Enviando Comentário Fechar :/