Igreja Metodista Jardim Belvedere

Contribuições
Você adicionou a sua lista de contribuições. O que deseja fazer agora?
Adicionar Contribuições Pagar Contribuição
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Igreja Metodista Jardim Belvedere - Nós cremos na vida antes da morte!

Nós cremos na vida antes da morte!

João 10.10 Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.

O INTERVALO

“Depois, sabendo Jesus que já todas as coisas estavam terminadas, para que a Escritura se cumprisse, disse: Tenho sede. Estava, pois, ali um vaso cheio de vinagre. E encheram de vinagre uma esponja e, pondo-a num hissopo, lha chegaram à boca. E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.” João 19.28-37

Por Thais Metodista dia em A Palavra

O INTERVALO
  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

O INTERVALO 

 

 “Depois, sabendo Jesus que já todas as coisas estavam terminadas, para que a Escritura se cumprisse, disse: Tenho sede. Estava, pois, ali um vaso cheio de vinagre. E encheram de vinagre uma esponja e, pondo-a num hissopo, lha chegaram à boca.  E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.” João 19.28-37 

   Depois da queda do homem registrada no livro de Gênesis, Deus prometeu enviar um nascido de mulher para esmagar a cabeça da serpente. Muitos profetas, juízes e sacerdotes fizeram a obra de Deus, mas ninguém foi capaz de amar toda humanidade. 

   A terra estava repleta de maldade, e os religiosos da época só colocavam julgo sobre o povo. Era necessário revelar aos homens um novo tempo, e foi quando Deus cumpriu a promessa enviando o FILHO para salvar a humanidade. 

   O povo esperava um rei com coroa, palácio, soldados etc., mas Jesus veio na contra mão de tudo que se esperavam. (Esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz ( Fl 2.7,8) .

   Para cumprir a missão de passar pela terra no corpo humano,  e retornar para céu de glória junto ao Pai, Jesus passou por um intervalo que vai marcar toda a história. Nos intervalos da vida podemos cumprir a missão ou colocar tudo a perder. Jesus passou por provações, rejeição, solidão, mas permaneceu fiel ao propósito de Deus. Cristo veio pagar um divida que não era dEle, e o diabo fez de tudo para impedir este pagamento. A vitória na cruz aconteceu no momento que Jesus deu um brado dizendo: TETELESTAI (Está consumado, liquidado) e entregou seu Espírito a Deus. ELE venceu no INTERVALO. 

   Vejamos alguns:

 

   Na Traição - Judas um discípulo escolhido, que não resistiu dizer não pra riquezas desse mundo. O coração cheio de ganancia cegou o entendimento. A dor de Jesus não foi receber a traição, mas perder o amigo para sempre. No intervalo na nossa caminhada seremos traídos e trocados por míseras moedas de prata, mas o convite do Senhor é: Olhe para o alto de onde vem o nosso socorro (salmo 121.1)

 

   Na rejeição - Pedro, outro discípulo que estava com Cristo na maioria dos eventos ministeriais. Quando entendeu que poderia sofrer perseguição por causa de Jesus, achou melhor negar que O conhecia. Jesus sabia que na hora certa conseguiria trazer de volta Pedro para missão (João 21), mas precisou viver um período da dura rejeição. Essa experiência nos ensina que quando estamos no "topo da pirâmide" não vai nos faltar "amigos", mas no intervalo da descida do topo para a base da pirâmide , poucos permanecerão conosco.

 

   Na solidão - Na cruz com o corpo "rasgado", com fortes dores, ouvindo os piores insultos, Cristo experimenta a solidão.  Olhando para terra onde caminhou estendendo as mãos aos caídos, curando enfermos, libertando os cativos, ficou sozinho na madeira fria. Na sua humanidade teve sede, e no lugar de água deram lhe vinagre. Nem tudo que você pede aos homens vai chegar de forma agradável. É nesse intervalo que você decide aceitar o "lixo ofertado" ou confiar no que Deus te prometeu.

 

   Os nosso pecados  prenderam as mãos do Homem que caminhou curando as mãos mirradas (MT 12.9-13), prendeu os pés do Homem que curou os paralíticos (Mc 2), negaram água para aquele que trouxa água viva (Jo 4.13-14), desejaram a morte daquele que ressuscitou (Jo 11) , mas os homens não conseguiram prender o Espírito e a integridade do Mestre. Jesus nos ensina que no intervalo da nossa vida na terra até chegarmos na Glória, precisamos é preservar o coração. Jesus com a mente limpa disse:   Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem (LC 23.24).

   Deus te abençoe e te dê uma ótima semana,

   Débora Corsi.


  • Compartilhe com seus amigos
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para O INTERVALO

Enviando Comentário Fechar :/